IGTI Blog
banco de dados

Ajustes de desempenho de banco de dados

Possibilidades de ajustes em ambientes locais e em nuvem.

Os modernos ambientes de computação em nuvem (cloud computing), incluindo os destinados a banco de dados, vêm fazendo frente ao tradicional modelo em que os recursos de tecnologia da informação ficam concentrados dentro da própria empresa (onprimeses). Nesse sentido, eles têm conquistado espaço na medida em que evoluem suas ofertas e retiram, gradualmente, impeditivos à sua adoção, tornando-se técnica e financeiramente atraentes para as organizações.

Contudo, ao se optar pela contratação de ambientes de banco de dados em nuvem, seja no modelo de infraestrutura como serviço (IaaS), plataforma como serviço (PaaS) ou mesmo do próprio software de banco de dados como serviço (SaaS ou DBaaS), é preciso entender que as possibilidades de avaliação e ajuste de desempenho, passam a ser mais restritas exigindo, portanto, uma abordagem diferente daquela comumente utilizada em ambiente onprimeses.

Em outras palavras, é possível dizer que no tocante ao desempenho, quanto mais alto se colocar o banco de dados, mais rarefeitos serão os ajustes possíveis de serem realizados e menor a capacidade de intervenção sem aumento da capacidade computacional. O que, portanto, deve ser compensado com a escolha de ambientes de nuvem confiáveis, de custos acessíveis e apropriadamente ajustados e escaláveis para atendimento das demandas de banco de dados.

Professor autor: Marcílio Júnior de Andrade

banco de dados