IGTI Blog

Armazenagem Estratégica: dinamismo e eficiência

Professor autor: Washington Moreira Cavalcanti

Uma questão básica do gerenciamento logístico é como estruturar sistemas de distribuição capazes de atender de forma econômica os mercados geograficamente distantes das fontes de produção e também atender de forma eficiente, as metas estabelecidas de nível de serviço.

A distribuição física de produtos constitui-se em um permanente desafio logístico. A escolha do posicionamento e da função das instalações de armazenagem é uma definição estratégica. É parte de um conjunto integrado de decisões por parte da empresa.

Armazenagem é a atividade que compreende o planejamento, coordenação, controle e desenvolvimento das operações destinadas a abrigar, manter adequadamente estocadas e em condições de uso, bem como expedir no momento oportuno, os materiais necessários.

As instalações de armazenagem podem contribuir para atender de forma eficiente as metas estabelecidas de nível de serviço. A funcionalidade destas instalações dependerá da estrutura de distribuição adotada pela empresa. Podemos classificá-las em dois grandes grupos: Estruturas Escalonadas e Estruturas Diretas.

Como veremos adiante, os sistemas de distribuição diretos podem também utilizar instalações intermediárias, não para manter estoque, mas para permitir um rápido fluxo de produtos, aliado aos baixos custos de transporte. Na armazenagem estratégica pode-se adotar os Centros de Distribuição Avançados; Transit Point; Cross-Docking e o Merge in Transit.