IGTI Blog
apps híbridos

Comparativo: apps nativos x apps híbridos

Informações que podem auxiliar na decisão de desenvolver um app de forma nativa ou híbrida.

Apps nativos se situam o mais próximo possível do hardware do fabricante. Sendo assim é, em regra, a melhor forma de se explorar todo o potencial que o hardware do dispositivo móvel pode oferecer. A abordagem nativa é, portanto, recomendada para qualquer app e principalmente jogos.

Já os apps híbridos são construídos com HTML, CSS e JavaScript. Internamente, apps híbridos atuam somente na camada Web View e interagem com o dispositivo através de plugins nativos.

A performance otimizada do app é o grande diferencial do desenvolvimento nativo. Entretanto, os dispositivos móveis atuais têm evoluído bastante em termos de performance. Assim, essa diferença pode ser pouco perceptível e o grande diferencial pode ser a experiência do usuário em si, que ambas as abordagens conseguem entregar.

Quanto ao look-and-feel, há tanto a demanda de apps com o visual padrão de cada plataforma como um visual exatamente idêntico em ambas as plataformas. Apps nativos e híbridos são os mais indicados em cada caso, respectivamente.

Veja a seguir, um comparativo entre as abordagens nativa e híbrida.

Professor autor: Raphael Ribeiro Gomide