IGTI Blog
conteúdo

E se o conteúdo da sua empresa sumisse das mídias sociais?

Hoje muito se fala da importância das mídias sociais, da produção de conteúdo e da atuação das empresas na internet.

O Marketing Digital e o Inbound são a bola da vez para muitas empresas. Os investimentos na área estão aumentando e isso é muito bom! Mas, será que todos estão tendo resultados satisfatórios?

E se o conteúdo produzido pela sua empresa, de repente, desaparecesse das mídias sociais, quem sentiria falta?

Nós sabemos que precisamos criar conteúdo, gerar e-books e infográficos, alimentar o canal do youtube dos nossos clientes, enviar emails, gerar engajamento nas mídias sociais. Mas esses conteúdos são realmente necessários? Eles estão agregando para seus leads e clientes?

Chega de perguntas e vamos a algumas respostas!

Invista tempo na produção da sua persona

Seu conteúdo precisa ajudar e ser necessário para suas personas. Para isso é preciso muita pesquisa! Quanto tempo você realmente investiu para entender a dor das pessoas que você quer interagir? Aqui vão alguns tópicos que você precisa conhecer sobre eles:

  • Idade, gênero, informações sobre os pais
  • Onde mora, onde estuda, onde trabalha?
  • Como vai para a escola ou trabalho?
  • Como consome conteúdo? Quais mídias costuma acessar mais? (Não! Nem todo mundo está no Facebook. Pergunte realmente para as pessoas, a % de tempo e acessos em cada canal… você pode se surpreender!)
  • O que costuma fazer depois da aula ou do trabalho? Onde costuma ir? Com quem costuma ir…
  • Quais os principais problemas eles enfrentam, seja na vida particular ou na profissional?
  • No que essas pessoas acreditam? Quais as crenças e os valores elas carregam com elas?
  • Que frases elas costumam ouvir no dia a dia? Seja dos pais, ou dos filhos?
  • Como elas costumam relaxar?
  • No que elas precisam melhorar?

E por aí vai… você entendendo este comportamento fica realmente mais fácil produzir um conteúdo bem elaborado para seu público. Se quiser se aprofundar ainda mais na criação da sua persona, veja estas 100 perguntas que você pode fazer para criar sua Persona. Você também pode usar esta ferramenta para criar sua persona.

Feito isso, você pode acessar alguns sites e ferramentas para entender as dúvidas que sua persona pode ter.

Ferramentas para produção de conteúdo estratégico para empresas:

  • Yahoor Respostas
  • Preenchimento automático do Google
  • Ubersuggest
  • Pesquisas no Youtube
  • Google trends
  • Planejador de palavra chaves do Adwords
  • Pesquisa no Twitter, Facebook e Instagram
  • Google Analytics
  • Quem lembra do Formspring???

Eu sei que isso dá trabalho! Mas lembre-se, nosso objetivo é que hipoteticamente, se o seu conteúdo for deletado da internet, as pessoas sintam a falta dele, certo?

Agora, com todas essas informações, você pode começar a produzir seu conteúdo! Mas não de qualquer jeito!

Crie seu passo a passo para produzir conteúdo!

Não tenho a pretensão de ditar regras, longe de mim. Este passo a passo é muito particular, pode e deve ser adaptado para sua realidade. Por isso, não copie e cole o que vou compartilhar aqui com vocês ok? Aliás, copie, edite, cole e compartilhe comigo depois para eu ver como ficou o seu! Vai ser um prazer ver uma variante deste que eu fiz.

  1. Identifique para qual persona você vai escrever (provavelmente você terá mais de uma)
  2. Entenda qual etapa da jornada de compra sua persona está (escreva conteúdo para todas elas)
  3. Identifique quais as principais dúvidas que sua persona tem, e responda-as!
  4. Defina o formato do conteúdo (texto, foto, infográfico, vídeo, e-book, quiz, lives, stories, webinar com convidados, entrevista, conteúdo gerado pelo usuário, etc…)
  5. Otimize esse conteúdo para os mecanismos de buscas (Google principalmente, mas não esqueça do Youtube, do Facebook e das outras mídias)
  6. Divulgue nas mídias sociais! (É aqui que muita gente erra! Apenas copiam e colam o link do blog em todas as mídias sociais, esquecendo-se de adaptar o conteúdo escrito para a principal característica da mídia social escolhida). Vai colocar no Instagram ou Facebook? Faz uma live e comenta sobre o conteúdo! A gente já deve saber a essa altura do campeonato que apenas postar foto ou o link no Facebook não deve dar tanto resultado quanto subir um vídeo direto na plataforma do Facebook ou realizar uma live.
  7. Promova este conteúdo! (Sim, o alcance orgânico está baixo e isso é papo para um outro artigo, mas planeje sempre patrocinar um post que deu mais resultado e teve mais comentários, para que ele impacte ainda mais pessoas. Não patrocine jamais um post que não teve bons resultados).
  8. Olhe para a concorrência: Faça uma busca no Google pelo assunto ou termo que você está escrevendo. Veja quem aparece nas primeiras posições. Veja qual o foco deste conteúdo. É possível escrever sobre o mesmo tema para um público/segmento diferente? É possível escrever sobre o assunto com termos diferentes? É possível abordar o assunto de forma diferente?
  9. Mensure os resultados! (Saiba sempre qual conteúdo foi melhor e continue explorando-o, e exclua da sua estratégia o conteúdo ou formato que não teve um bom resultado).

Sei que podem parecer muitos passos ou complexo de se fazer. Mas aos poucos, isso vai ficando natural na sua rotina diária. E se você tiver ajuda, é sempre melhor. Tenha em mente ter uma equipe focada em conteúdo ou terceirizar com uma empresa especializada.

Se o seu conteúdo resolver uma dor para seus prospects, eles certamente se manifestarão caso ele desapareça!

Produzir conteúdo estratégico para as mídias sociais?

Agora você já sabe que produzir conteúdo de forma estratégica para as mídias sociais e não só para elas, não é um bixo de 7 cabeças. Você só precisa entender a demanda e produzir a oferta, sacou?

Produzir conteúdo estratégico para blogs e mídias sociais nada mais é do que entender de oferta e demanda! @idegasperi

Através das ferramentas que citei lá em cima, você consegue entender a demanda, ou seja, quais as principais dúvidas das pessoas, o problema delas, o volume de buscas para uma palavra ou termo… fazendo isso você produz a oferta. Escreva aquilo que as pessoas estão procurando.

Outra dica que dou e considero super importante é realmente perguntar, depois de alguns artigos escritos, o que as pessoas querem ler ou ver nas suas mídias sociais. Interaja com elas nos comentários. O post não morre depois de publicado! Você também pode enviar uma pequena pesquisa por email e pegar as informações mais importantes sobre seus clientes.

Seja citado em outros canais!

Feito tudo isso, e sei que não é pouco, você pode definir uma estratégia de palavras chaves e das posições que seu site/blog estão indexando para essas palavras.

Hoje, temos várias ferramentas que te mostram isso, seja no RD Station, na Contentools, na Rock Content ou no próprio Search Console do Google.

E aí, você deve trabalhar os links externos para os termos que você quer subir de posições.

Pesquise sites e blogs que tenham a ver com seu negócio, ou que orbitem em torno do universo da sua marca.

Avalie a qualidade do domínio, se está em black lists de disparos de email e spam, a quantidade de acessos e comentários. A quantidade de fãs e seguidores nas mídias sociais são alguns fatores que devem ser considerados quando você quer fazer o chamado Link Building.

Esse tipo de parceria é super importante para você melhorar a indexação de palavras chaves no Google. Mas se você não estiver trabalhando com Blogs, o mesmo vale para mídias sociais, onde ser citado por outros no Instagram ou Facebook, também conta pontos para você!

Para finalizar, seja sempre social! Interaja nos posts de outras empresas que tenha sinergia com seu negócio pelo perfil da empresa, comente em blogs, cite empresas em seus canais, coloque links para quem escreveu sobre assuntos relacionados ao seu negócio. Desta forma, essas empresas saberão que você linkou elas e eles também poderão citar você em outra oportunidade.

Espero que esse post tenha resolvido sua dor! Tenha te mostrado um caminho objetivo para criar conteúdos que sejam notados, caso desapareçam.

E se precisarem, estou à disposição!

Professor autor: Israel Degasperi – @idegasperi